Bem-estar de Professores/as

Em resposta ao agravamento das crises humanitárias, muitas das quais agravadas pela COVID-19, existe uma necessidade crescente e urgente de priorizar e dar resposta ao bem-estar humano através da educação. Embora as abordagens para o bem-estar através da educação sejam geralmente centradas nas necessidades das crianças e jovens, o bem-estar de professores/as é de uma importância vital. Os professores  professoras em contextos afetados pelas crises trabalham em ambientes educativos complexos, muitas vezes com apoio mínimo, onde assumem uma infinidade de funções e responsabilidades não tradicionais para responder às diversas necessidades de alunos e alunas e da comunidade (Kirk & Winthrop, 2013; Mendenhall et al., 2018). 

Os conflitos armados contribuem para a destruição da infraestrutura e dos recursos necessários para que as escolas sejam seguras e funcionais. O deslocamento resultante desses conflitos produz geralmente um fluxo súbito de crianças e jovens e uma grande escassez de professores/as. A adversidade vivida pelos/as professores/as e alunos/as nesses ambientes produz tensão, ansiedade e sentimentos de grande insegurança nas suas vidas quotidianas, interrompendo assim o progresso da aprendizagem e impedindo a promessa da educação (Winthrop & Kirk, 2008). 

Definição de Bem-estar de Professores/as

As principais conclusões da análise do panorama sobre o bem-estar de professores/as (Falk et al., 2019) utiliza um quadro socioecológico para definir o bem-estar de professores/as como sendo um elemento específico do contexto a nível individual, escolar, comunitário, nacional/regional e internacional. O bem-estar abrange a forma como os(as) professores(as) se sentem e funcionam nos seus empregos; e inclui afetos, atitudes e avaliações dos(as) professores(as) sobre o seu trabalho (Schleicher, 2018; Collie et al., 2015). Assim, os recursos utilizados para apoiar o bem-estar de professores/as devem ser contextualizados, idealmente através de um processo participativo que priorize os professores e professoras. 

TWB Landscape review Conceptual Framework POR

Ferramentas e recursos para apoiar o bem-estar de professores/as

Através do trabalho dos/as colaboradores/as em Professoras e Professores em Contextos de Crise (TiCC) e Grupo Colaborativo sobre Apoio Psicossocial e Aprendizagem Social e Emocional /(AP e ASE), a INEE contribui significativamente para o bem-estar de professores e professoras em contextos de emergência. A INEE procura agora desenvolver um conjunto de ferramentas de bem-estar destinado a professores/as para ajudar os atores da EeE a responder às necessidades específicas de professores/as nos seus contextos locais.

Este primeiro resultado do conjunto de ferramentas de bem-estar de professores/as compreende um mapeamento das ferramentas e dos recursos e um relatório de análise das lacunas, com base na obra existente ao recolher os recursos, as ferramentas e os documentos sobre políticas ou de ações de advocacy existentes que abordam o bem-estar de professores/as em ambientes de emergência. O INEE mapeou esses documentos no seu modelo socioecológico de bem-estar do(a) professor(a) para identificar as lacunas na disponibilidade de documentos a nível individual, escolar e comunitário e em ambientes de políticas nacionais, regionais e internacionais.
 

A seguinte recolha de recursos foi organizada pelo Projeto sobre o Teacher Wellbeing Toolkit Project (Kit de Ferramentas para o Bem-Estar de Professores/as), com o apoio do Grupo de Referência sobre o Bem-Estar de Professores/as, e selecionada a partir do Teacher Wellbeing Tools & Resources Mapping (Ferramentas de Bem-Estar de Professores/as e Mapeamento de Recursos) dirigido por Sophia D’Angelo, Samaya Mansour e Lisa Walker.

Lista de recursos

24 Maio 2022 Manual/Guia Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras em Contextos de Emergência

Esta Nota de Orientação expande os Requisitos Mínimos da INEE. Se você trabalha na educação em situações de emergência (EeE) e em outros sectores (como proteção, finanças ou WASH), pode utilizar estas recomendações para apoiar o bem-estar de professoras/es.

6 Janeiro 2023 Manual/Guia Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras da INEE – Contextualização para a Colômbia

Estas ferramentas de contextualização partem da metodologia e de reflexões que resultam de pontos do Domínio 3 contextualizado da Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras em Contextos de Emergência para utilização em Soacha, Colômbia.

6 Janeiro 2023 Manual/Guia Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras da INEE — Contextualização para o Campo de Refugiados de Kakuma, no Quénia

Estas ferramentas de contextualização partem da metodologia e de reflexões que resultam de pontos do Domínio 3 contextualizado da Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras em Contextos de Emergência para utilização no campo de refugiados de Kakuma, no Quénia.

6 Janeiro 2023 Manual/Guia Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras da INEE – Contextualização para Myanmar, universidades online não estatais

Estas ferramentas de contextualização partem da metodologia e de reflexões que resultam de pontos do Domínio 3 contextualizado da Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras em Contextos de Emergência para ser usado por professoras/es de universidades não estatais no Myanmar.

6 Janeiro 2023 Manual/Guia Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras da INEE – Contextualização para a Palestina

Estas ferramentas de contextualização partem da metodologia e de reflexões que resultam de pontos do Domínio 2 contextualizado da Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras em Contextos de Emergência para serem usadas na Palestina.

28 Julho 2023 Materiais de Formação Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Kit de facilitação de workshop - Bem-estar de professoras/es em contextos de emergência: Workshop de contextualização regional, política e prática

Este kit de facilitação apoia a realização de um workshop em nível setorial para definir e contextualizar as prioridades das políticas e práticas para o bem-estar de professoras/es. Consiste em um guia de facilitação, um esboço do workshop, um conjunto de slides e livros de atividades.

19 Agosto 2021 Mapa Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Mapeamento sobre o Bem-estar de Professores/as e Relatório de Análise de Lacunas

O relatório de mapeamento e de análise de lacunas destaca as ferramentas e os recursos existentes que apoiam o bem-estar de professores/as, ao mesmo tempo que fornece um conjunto de recomendações para futuras ferramentas e para o desenvolvimento de recursos.

1 Agosto 2019 Relatório
Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE), Agência dos Estados Unidos da América para o Desenvolvimento Internacional (USAID)
Iniciativa de Investigação sobre Equidade na Educação

Análise contextual: O Bem-estar de Professoras e Professores em Cenários afetados por situações de Conflito, Crises e Escassez de Recursos

Esta análise contextual serve como um primeiro passo em direção a preencher a lacuna de evidências ao construir uma compreensão sobre o bem-estar de professores/as em contextos de crise, conflito e escassez de recursos, e identificar os fatores contextuais e individuais que podem influenciar o bem-estar.

24 Março 2016 Manual/Guia Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Pack de formação para professores e professoras em contextos de crise

O Pack de formação para Professores e Professoras do Ensino Primário em Contextos de Crise tem como objetivo desenvolver competências básicas de ensino para professoras e professores não qualificados ou pouco qualificados, frequentemente recrutados para lecionar em campos de pessoas refugiadas / deslocadas internas e em várias outras situações de emergência.