Manual/Guia

Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras da INEE — Contextualização para o Campo de Refugiados de Kakuma, no Quénia

Estas ferramentas de contextualização partem da metodologia e de reflexões que resultam de pontos do Domínio 3 contextualizado da Nota de Orientação para o Bem-Estar de Professores e Professoras em Contextos de Emergência para utilização no campo de refugiados de Kakuma, no Quénia.

Gladys Mwuguzi, Vianney Mpitavuma e Mayen Aguer Arok realizaram este trabalho em coordenação com o ACNUR, professoras/es e administradoras/es escolares em Kakuma. A contextualização centra-se em professoras/es nacionais, profissionais de apoio e estagiárias/os. As/Os professoras/es nacionais e estagiárias/os são cidadãos quenianos, enquanto as/os professoras/es de apoio são das comunidades de refugiados.

Este projeto de contextualização procurou compreender melhor os desafios, as oportunidades e as limitações de contextualizar um bem global para utilização em contextos específicos. Os resultados decorrentes oferecem importantes informações e lições para a INEE, e esperamos que estes recursos apoiem membros que desejam iniciar conversações em torno do bem-estar dos professoras/es em seus próprios contextos.

Consulte o blogue complementar para mais informações sobre o projeto.

Estas publicações fazem parte de um projeto maior, financiado pelo fundo A Educação Não Pode Esperar, para desenvolver um Kit de Ferramentas para o Bem-Estar de Professores/as a fim de atender às necessidades de professores/as em seus contextos locais. Os recursos desenvolvidos no âmbito deste projeto também incluem:

Informação sobre o Recurso

Publicado

Publicado por

Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)

Criado por

Gladys Mwuguzi, Vianney Mpitavuma e Mayen Aguer Arok

Tema(s)

Requisitos Mínimos da INEE
Bem-estar de Professores e Professoras

Zona geográfica de enfoque

Quénia