LANÇAMENTO: Quadro de Indicadores dos Requisitos Mínimos da INEE para a Educação

Publicado por
Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)
Written by
Alana Christopher
Publicado
Tópico(s)
Planeamento do Setor de Educação
Português

Temos o prazer de apresentar o novo Quadro de Indicadores dos Requisitos Mínimos da INEE!

Este Quadro apresenta uma proposta para apoiar as partes interessadas em educação em situações de emergência (EeE) demonstrarem alinhamento e progresso de implementação dos Requisitos Mínimos da INEE. Não existia antes um conjunto comum de indicadores mapeados para cada requisito e, portanto, esta ferramenta vem preencher esta lacuna.

Estes indicadores não são obrigatórios, mas sim exemplos de como projetos e atividades podem demonstrar a aplicação dos Requisitos Mínimos da INEE ao longo do desenho dos programas. Reconhecendo que a maioria das entidades doadoras e organizações trabalham com os seus próprios conjuntos de indicadores e exigências, a INEE não quer com este Quadro substituir esses indicadores. O Quadro foi desenvolvido com base num conjunto de listas de indicadores existentes (incluindo o Fundo A Educação Não Pode Esperar (ECW), Direção-Geral da Proteção Civil e das Operações de Ajuda Humanitária Europeias (ECHO), Cluster Global da Educação, Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), UNESCO, Iniciativa Professores em Contextos de Crise) e propõe novos indicadores onde possam existir lacunas.

O Quadro de Indicadores dos Requisitos Mínimos da INEE foi projetado tendo a flexibilidade e o espaço para contextualização. Pode ser usado por entidades implementadoras e doadoras em qualquer fase do ciclo do programa. A intenção é que as partes interessadas em EeE adaptem a estrutura para seu próprio uso e contexto, enquanto trabalham de acordo com a estrutura geral dos Requisitos Mínimos da INEE. Cada colega pode decidir que informação importa recolher e partilhar para a sua própria utilização, ou para informar as entidades doadoras e/ou comunidades afetadas por situações de emergência.

Os indicadores são bons na medida em que há o entendimento do/a utilizador/a sobre o que é medido e porquê. Para esse propósito, aproveitamos a oportunidade para realçar algumas ferramentas que ajudarão as/os utilizadores a envolver-se de forma mais efetiva com o Quadro de Indicadores dos Requisitos Mínimos da INEE: 

"pt"
Exemplo extraído do Quadro de Indicadores dos Requisitos Mínimos da INEE
  1. Quadro de Competências de  EeE;
  2. O curso online de Educação em Situações de Emergência , desenvolvido pela Save the Children, em colaboração com a INEE, Plan International e outros parceiros internacionais de desenvolvimento.

As ferramentas de medição de qualidade são também essenciais para a eficácia dos indicadores e, dentro da estrutura, há alguns exemplos de ferramentas de medição. Por favor, se conhecer outras ferramentas que complementem este Quadro de Indicadores, envie-nos para minimumstandards@inee.org

Finalmente, durante o primeiro semestre de 2021, a INEE apresentará um processo piloto relacionado com este Quadro. Fique atento/a aos canais de comunicação da INEE para saber como contribuir para a próxima etapa desta jornada de Monitorização e Avaliação. Enquanto isso, contamos com o feedback de profissionais que nos possam apoiar a recolher evidências que assegurem que a ferramenta é prática, relevante e eficaz. Não hesite em enviar-nos feedback e sugestões para minimumstandards@inee.org. 

Este recurso está disponível em: árabe, inglês, francês, português e espanhol.

Por favor partilhe o Quadro de Indicadores dos Requisitos Mínimos da INEE nas suas redes de contactos!