Como trabalhamos

Pontos Focais Nacionais da INEE

world map

Os Pontos Focais Nacionais (PFNs) da INEE são consideradas pessoas de referência fundamentais para as e os membros da INEE no que toca a apoiar o trabalho em rede e a comunicação, particularmente através da facilitação da troca de informação e discussão a nível nacional. Saiba mais sobre estas novas funções no documento dos Termos de Referência.

Os e as PFNs são provenientes de uma grande diversidade de contextos, e com diferentes áreas de especialização, e têm demonstrado um compromisso com o trabalho em educação em situações de emergência, e na promoção dos valores, prioridades e atividades da INEE. As e os PFNs representam a diversidade geográfica e linguística da rede.

Continue a descer no texto para ler sobre os perfis completos das novas e dos novos PFNs, bem como mais pormenores sobre as suas funções, formas de se envolver com trabalho por eles/as desenvolvido, o processo de seleção, e mais sobre a iniciativa global dos PFNs.


Musharraf Tansen - Bangladesh

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Musharraf é o Ponto Focal da INEE no Bangladesh. Tem mais de 20 anos de experiência na área da educação, incluindo Educação em situações de Emergência, Desenvolvimento na Primeira Infância, Leitura e Alfabetização precoce. Tem experiência a trabalhar com várias organizações de desenvolvimento nacionais e internacionais, incluindo a Plan, Visão Mundial, SDC, Friendship, Save the Children, IOM, DFID e British Council. A sua experiência vai desde o trabalho extensivo na base, desenvolvendo e implementando programas para prestar educação a grupos desfavorecidos, até à contribuição de reformas de políticas a nível nacional. As várias pastas que teve permitiram-lhe expandir a sua compreensão sobre as dinâmicas e meandros do desenho de programas educativos, especialmente no contexto de um país em desenvolvimento, e ganhar experiência na conceção e planeamento de programas, implementação (incluindo monitorização, avaliação) e gestão. A sua vasta experiência como implementador de projetos de educação dá-lhe as competências técnicas necessárias para executar quaisquer programas educativos. O seu Bacharelato em Educação (com distinção) e o diploma de Mestre em Educação pela Universidade de Dhaka reforçam a sua capacidade em desempenhar um papel de líder eficaz no setor da educação. Recentemente, esteve a trabalhar para a Plan International Bangladesh como Líder Técnico de Educação em situações de Emergência nos maiores campos de refugiados do mundo, em Cox’s bazar. Atualmente, está a apoiar o Fundo Malala como consultor nacional para a realização de uma análise do cenário educativo do Bangladesh, com foco no acesso e inclusão das raparigas. Musharraf é natural do Bangladesh e fala bengali e inglês.

E-mail: musharraf.tansen@inee.org


Irmã Maria de Lourdes - Brasil 

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Irmã Maria de Lourdes monja consagrada da Ordem Graça Misericórdia, é servidora humanitária desde 2018, estudante de pedagogia e atua de forma voluntária junto à Fraternidade Missões Humanitárias Internacionais (FMHI) atualmente na coordenação do setor de Arte-Educação em Emergência na missão Roraima Humanitária e também como ponto focal do Setor de Intervenção de Educação em Emergências da Fraternidade Missões (FMHI). Neste momento tem trabalhado com projetos de arte educação em emergência, voltados para populações migrantes indígenas refugiadas no estado de Roraima, no norte do Brasil, podendo adquirir importante experiência na educação intercultural bilíngue. Além disso, tem trabalhado no fortalecimento e valorização da cultura tradicional das populações indígenas refugiadas através da formação de comitês de educação, impulsionando a participação comunitária nos assuntos relacionados à educação formal e não formal e também na construção da cultura de paz por meio de projetos voltados para adolescentes e jovens refugiados em situação de vulnerabilidade.  Irmã Maria de Lourdes é brasileira e fala português e espanhol fluente.

E-mail: irma.maria.de.lourdes@inee.org


Bana Barka - Camarões 

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Bana BarkaBana é o Ponto Focal da INEE nos Camarões. Bana Barka é graduado pela Ecole Normale Supérieure de Maroua e tem um doutoramento em Literatura Africana. Autor de seis artigos sobre literatura camaronesa, também se interessa por questões relacionadas com a educação em situações de emergência. Como consultor, realizou inúmeras investigações para organizações internacionais, nomeadamente sobre a identificação de barreiras que limitam o acesso das pessoas refugiadas à educação e sobre a inclusão de grupos vulneráveis ​​na prevenção do extremismo violento. Membro do Centre d’Études et de Recherche en Paix, Sécurité et Intégration (CERPSI) e Coordenador do Nexus Peace & Education, dedicou vários estudos à escola corânica e às dificuldades de adaptação desta instituição nos estados da Bacia do Lago Chade. Bana é atualmente professor da École Normale Supérieure de Maroua e entusiasta da literatura, atuando também na área das ciências da educação: para este fim, está a frequentar o mestrado em Paz e Segurança, estando a sua dissertação orientada para a segurança em situações de crise e respetivo impacto na educação do Extremo Norte. Bana é camaronês e fala msir e francês.

E-mail: bana.barka@inee.org


Lizeth Estephany Cardozo Rodriguez - Colômbia

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Lizeth é o Ponto Focal da INEE na Colômbia. É Mestre em Pedagogia Social e Intervenção Educativa em Contextos Sociais e Humanitários pela Universidad del Norte. É apaixonada pela promoção do direito a uma educação segura e ininterrupta para todas as crianças afetadas por crises humanitárias. Lizeth foi reconhecida como Jovem Investigadora pela Colciencias (Departamento Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação da Colômbia), no Norte de Santander. O seu trabalho de investigação está relacionado com a prestação de cuidados às populações mais vulneráveis ​​afetadas por situações de emergência, ligadas ao conflito armado colombiano e ao fenómeno migratório de origem venezuelana, e tem sido publicado em artigos e capítulos de livros em revistas indexadas. Atualmente, Lizeth trabalha para o Conselho Norueguês de Refugiados como Responsável de Educação Técnica no nordeste da Colômbia. Lizeth é colombiana e fala espanhol e inglês.

E-mail: lizeth.cardozo@inee.org


Talot Bertrand - Haiti

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Talot é o Ponto Focal Nacional da INEE no Haiti. É formador de formadores dos Requisitos Mínimos da INEE. É Engenheiro Agrícola e Especialista em Educação Ambiental. Na Coreia do Sul, estudou comunicação e gestão de informação para situações de emergência que envolvem doenças. Recebeu uma bolsa para estudar a conservação da biodiversidade e proteção ambiental como parte do Programa de Liderança de Visitantes Internacionais do Departamento de Estado dos E.U.A. Trabalhou como Diretor de Planeamento e Mobilização de Recursos na Direção de Proteção Civil, onde serviu como Ponto Focal para o Programa Alimentar Mundial e o Ministério da Saúde Pública. Também trabalhou para outras instituições como o Ministério da Agricultura, PAHO-OMS e a Agência Nacional de Zonas Protegidas do Ministério do Ambiente. Desde 2009, tem feito campanhas pela educação e tem procurado aumentar a sensibilização pública em relação à gestão do risco de desastre e conservação da biodiversidade. Talot é haitiano e fala francês, crioulo e inglês.

E-mail: talot.bertrand@inee.org


Sahar Bani Mustafa - Jordânia

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Sahar é o ponto focal da INEE na Jordânia. Há quase 5 anos que trabalha no setor humanitário, focando-se principalmente na educação, proteção da criança, e projetos sobre pobreza infantil em contextos de emergência. Além disso, providenciou orientações técnicas relativamente a aspetos de subsistência a famílias afetadas por conflito e apoiou processos de reintegração de crianças que fugiram de casa para a Jordânia devido à crise na Síria. Nos últimos 2 anos, Sahar mudou o seu foco para programas de desenvolvimento profissional, e atualmente, está a trabalhar na capacitação de profissionais de EeE do Médio Oriente, Norte de África e Europa do Leste. Também tem um sólido historial de voluntariado, apoiando crianças em zonas remotas com atividades educativas. Sahar é jordaniana e fala árabe e inglês.

E-mail: sahar.mustafa@inee.org


Loise Gichuhi - Quénia

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

LoiseA Dra. Loise Gichuhi é o Ponto Focal da INEE no Quénia. Tem um doutoramento em Economia da Educação da Universidade de Nairobi, um Mestrado em Planeamento de Educação e Desenvolvimento Curricular e uma licenciatura em Educação (Matemática e Economia) da Universidade de Kenyatta. Loise tem uma vasta experiência e especialização em política educativa, planeamento e desenvolvimento curricular; desenho de programas educativos em situações de emergência, implementação, monitorização e avaliação. Desenvolveu materiais de formação e ministrou programas de formação de formadores, avaliações de necessidades nacionais e internacionais, e também realizou investigação. É uma educadora universitária reconhecida e trabalha como Professora Universitária e Coordenadora de Projeto de EeE na Universidade de Nairobi, consultora educativa para o Instituto Internacional de Planeamento Educativo da UNESCO e também num projeto do Ministério da Educação financiado pelo Banco Mundial. Adicionalmente, trabalha como Especialista de Educação e Subsistência com uma ONG local, a Education Bridge Africa, e faz trabalho comunitário em distritos marginalizados e comunidades de assentamento informal há mais de duas décadas. É membro de vários grupos consultivos nacionais e globais. Loise é queniana e fala swahili e inglês.

E-mail: loise.gichuhi@inee.org


Lopes Nazaré Lopes - Moçambique 

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Lopes LopesLopes Nazaré Lopes é o Ponto focal da INEE para Moçambique. Ele possui um Doutorado em Ensino de Empreendedorismo pela Commonwealth Open University e um Mestrado em Gestão de Empresas pela De Montfort University. Ele tem quinze anos de experiência em gestão de projetos de educação em organizações internacionais. Também é docente universitário e formador de professores há 27 anos.  Lopes é moçambicano e fala português e Inglês.

E-mail: lopes.lopes@inee.org


Isaac Olugbenle - Nigéria

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

IsaacIsaac é o Ponto Focal da INEE na Nigéria. Tem uma licenciatura em Física/Eletrónica da Universidade Federal de Tecnologia de Minna e uma pós-graduação em Educação da Universidade de Maiduguri. Atualmente, é também estudante do mestrado em Planeamento e Administração da Educação na Universidade Aberta Nacional da Nigéria (NOUN, na sigla em inglês). Tem dez anos de experiência no campo da educação e trabalhou como professor, investigador de carreira inicial para a educação de raparigas e atualmente, apoia o desenho de programas educativos no nordeste da Nigéria. Tem experiência a apoiar o planeamento, implementação, monitorização e avaliação de intervenções de EeE, que incluem a educação formal e não-formal de crianças e adolescentes em contextos humanitários e de desenvolvimento. Atualmente, trabalha como Gestor do Programa de Educação no programa Nacional da Nigéria do IRC. Isaac é nigeriano e fala inglês, hausa e yoruba.

E-mail: isaac.olugbenle@inee.org


Pilar López-Dafonte Suanzes - Espanha

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Pilar é o Ponto Focal da INEE em Espanha. Tem mais de 10 anos de experiência em ação humanitária e educação em programas de situações de emergência. Viveu em diferentes países da América Latina e Ásia, onde contribuiu para a definição de estratégias e prioridades de acesso e permanência a educação de qualidade para comunidades vulneráveis. É agora Responsável pela Ação Humanitária na Fundação Entreculturas e também Ponto Focal para situações de emergência na Rede Xavier, uma rede de 14 organizações na Europa, Canadá e Austrália. Pilar é espanhola e reside em Madrid, em Espanha. A par com espanhol, fala várias outras línguas, como inglês, crioulo, francês, haitiano e romeno.

E-mail: pilar.l.dafonte@inee.org


Bilal Khalifa - Síria

Período: fevereiro de 2021 - fevereiro de 2022

Bilal Mahmoud Khalifa é o Ponto Focal da INEE na Síria. É facilitador de diálogo e formador de proteção da criança e educação. Tem uma longa experiência em educação em situações de emergência, saúde mental, apoio psicossocial e aprendizagem socioemocional. Na Síria, reabriu escolas desde 2012 para providenciar educação a crianças em zonas afetadas pela guerra em curso. Também se juntou a organizações humanitárias como a Hand in Hand, Childhood Guards e Chemonex. Graduou-se em Literatura Árabe na Universidade de Aleppo, tem um Diploma em Educação e está atualmente a desenvolver uma tese de mestrado relacionada com crianças. Bilal é sírio e fala árabe e inglês.

E-mail: bilal.khalifa@inee.org


Formas de se envolver com o trabalho dos PFNs

Os Pontos Focais Nacionais da INEE desempenham um papel fundamental na construção e fomento das relações entre os/as membros da INEE no seu país, e implementam atividades específicas com os seguintes objetivos:

  • Convocar reuniões nacionais de membros (por exemplo, Meet-Ups).
  • Promover a adesão de novos membros da INEE no país.
  • Construir ligações e apoiar a comunicação entre membros da INEE no país.
  • Contribuir com recursos, notícias e outras informações nacionais para boletins informativos globais da INEE e outras plataformas de comunicação, espaços de rede, e recursos.

Encorajamo-lo/a a contactar o/a ponto focal nacional do seu país para:

  1. Colocar questões que possa ter sobre as formas de se envolver como membro da INEE; 
  2. Partilhar recursos, ferramentas, eventos e outras informações sobre EeE de nível nacional e regional, para que possam ser divulgadas na rede, tanto a nível nacional como de forma mais alargada;
  3. Sugerir ideias para webinars ou debates temáticos, nacionais, regionais e/ou para um público específico que gostaria que a INEE organizasse. (Esteja preparado/a para ser voluntário/a!)
  4. Enviar ideias e propostas sobre formas de envolvimento, da/do Ponto Focal Nacional da INEE, com outras e outros membros existentes da INEE e sobre como recrutar novos membros a nível nacional.

Se ainda não existe uma pessoa que seja Ponto Focal Nacional da INEE no seu país, encorajamo-lo/a a contactar os PFNs que trabalham na sua língua. Além disso, não hesite em contactar-me através do endereço de e-mail memberservices@inee.org com quaisquer questões, sugestões, e outras ideias!

Mais sobre a iniciativa Pontos Focais Nacionais da INEE

Em fevereiro de 2021, 12 Pontos Focais Nacionais (PFN) da INEE foram selecionados de entre quase 100 candidatos/as de todo o mundo. A iniciativa começou com uma fase-piloto de 6 meses. Em julho de 2021, foi realizada uma avaliação interna sobre a iniciativa, o que levou à prorrogação dos termos de 11 PFNs por mais seis meses, até fevereiro de 2022. 

Será lançado um novo convite à apresentação de candidaturas para a próxima iniciativa, antes do final de 2021. Todas e todos os membros ativos da INEE são encorajados/as a se candidatar nessa altura!

Critérios de seleção de PFN da INEE: O comité de seleção, composto pelo pessoal do Secretariado da INEE, analisa todas as candidaturas, e pondera-as em função de vários critérios e considerações, tanto a nível individual como enquanto próxima coorte. Estes critérios incluem representação geográfica e linguística, tipo de contexto de EeE, alcance operacional (local, nacional, regional), áreas de especialização, equilíbrio de género, entre muitos outros. As e os PFN representam uma grande variedade de contextos, pontos geográficos, idiomas, e áreas de especialização, e demonstram um forte compromisso com o trabalho em educação em situações de emergência, e na promoção dos valores, prioridades, e atividades da INEE.

Your thoughts on the INEE Country Focal Points initiative are always welcome and can be sent directly to: memberservices@inee.org.