Artigo

O Papel Emergente dos Atores Empresariais como Decisores Políticos na Educação em Situações de Emergência: Evidências da Crise de Refugiados da Síria

Publicado por
Rede Interinstitucional para a Educação em situações de Emergência (INEE)
Authored by
Zeena Zakharia e Francine Menashy
Publicado
Temas
Deslocações Forçadas - Refugiados
Política Educativa
Financiamento da Educação

Na sequência de chamada a um maior envolvimento da sua parte na educação de pessoas refugiadas, os atores empresariais envolvem-se cada vez mais no financiamento e na provisão de educação em contextos humanitários. O seu envolvimento, tendo sido particularmente proeminente na crise da Síria, levantou questões sobre o papel emergente dos atores empresariais enquanto decisores políticos da educação a nível global quer em situações de crise prolongada, quer em situações de emergência. Com base na investigação associada a estudos de caso sobre a educação de pessoas refugiadas da Síria na Jordânia, no Líbano e na Turquia este artigo analisa a natureza e as fundamentações do envolvimento do setor privado na educação de pessoas refugiadas e o modo como este envolvimento poderá apontar para a emergência dos agentes empresariais enquanto decisores políticos do setor de educação a nível global. O artigo foi construído tendo por base os conceitos interdependentes de humanitarismo do mercado, capitalismo filantrópico e autoridade do setor privado, além dos dados que recolhemos em 2016 e 2017 a partir de 44 entrevistas a informantes-chave e o mapeamento de atividades no setor da educação. Adotando uma abordagem sociocultural aos estudos de políticas, argumentamos que a onda de apoio do setor privado à educação de pessoas refugiadas reforçou a autoridade privada dos atores empresariais nos círculos políticos mundiais, o que lhes permitiu desempenhar novos papéis e ocupar espaços potencialmente significativos na educação nos espaços de formulação de políticas de EeE.

DOI: https://doi.org/10.33682/pcbg-2fu2