Educação Acelerada

Topic(s)
Programa de Educação Acelerada

Milhões de crianças permanecem fora da escola, especialmente em contextos em que os sistemas educativos são desafiados pelo crescimento populacional e o aumento das deslocações forçadas e da migração. Então, como podemos oferecer oportunidades educativas para os milhões de crianças e jovens desfavorecidos, que já estão acima da idade de escolarização, ou que simplesmente permanecem fora da escola? A Educação Acelerada pode ser uma estratégia fundamental para responder a essa necessidade. 

Árabe
Inglês
Francês
Espanhol

O que é Educação Acelerada?

Educação Acelerada (EA) corresponde a um programa flexível e apropriado à idade, operacionalizado num período de tempo acelerado, que visa proporcionar acesso à educação a crianças e jovens desfavorecidos, maiores de idade, e que estão fora da escola. Isso pode incluir aqueles e aquelas que perderam a oportunidade ou viram os seu processo educativo interrompido por factores de pobreza, marginalização, conflito e crise.

No geral, o objetivo dos Programas de Educação Acelerada (PEA) é proporcionar às alunas e alunos competências de educação básica equivalentes e certificadas, utilizando abordagens eficazes de ensino e aprendizagem que correspondam ao seu nível de maturidade cognitiva. 

Em todo o mundo, mais de 263 milhões de crianças e adolescentes permanecem fora da escola, seja porque nunca se matricularam, seja porque desistiram após a matrícula. As e os mais marginalizados correm um maior risco, incluindo crianças e jovens deslocados à força, ex-combatentes, meninas e crianças com deficiência. A cada ano letivo perdido, há maior probabilidade de que essas crianças não consigam retornar à educação formal, resultando em maiores riscos à sua proteção.

As políticas nacionais de educação frequentemente impedem as alunas e os alunos de se matricularem na escola primária depois de uma certa idade. As alunas e os alunos mais velhos que são capazes de se matricular nos sistemas de educação formal são muito mais propensos a desistirem, e quando há uma afluência de alunas e alunos mais velhos, não se verifica apenas o possível problema de um maior número de salas de aula sobrelotadas e condições de ensino difíceis com múltiplas faixas etárias, mas há também riscos consideráveis de proteção ao juntar crianças mais velhas e mais novas numa mesma turma. Os programas de ensino acelerado certificados são uma forma fundamental de permitir que as crianças mais velhas e os e as adolescentes tenham acesso a uma educação adequada à sua idade.

Os PEA procuram reduzir o número de anos de um ciclo de aprendizagem e permitem que os alunos e as alunas concluam um nível de educação equivalente e certificado num período de tempo mais curto[1]. Uma vez concluído o PEA, espera-se que os alunos e as alunas se reintegram no sistema de ensino formal regular, entrem no ensino técnico e profissional baseado em competências ou se integrem diretamente no mercado de trabalho com competências certificadas de literacia e numeracia.

A estrutura dos PEA varia no que diz respeito ao seu ritmo, às faixas etárias a que se dirigem e à abordagem de ensino e aprendizagem que empregam. A maioria dos PEA são de saída e entrada múltipla, o que significa que uma vez que um aluno ou uma aluna tenha completado os níveis adequados de um PEA e tem a idade certa para uma determinado grau ou nível, este ou esta podem fazer a transição para a educação formal; ou que um aluno ou aluna que tenha abandonado o programa no nível 3 não tem que começar um novo PEA no nível 1. 


Grupo de Trabalho sobre Educação Acelerada (GTEA)

O Grupo de Trabalho sobre Educação Acelerada (GTEA) é composto por vários parceiros e parceiras de educação que apoiam e/ou financiam a programação de EA. Este Grupo visa melhorar a qualidade da EA através do desenvolvimento de orientações e ferramentas para apoiar uma abordagem mais harmonizada e padronizada da oferta deste tipo de educação. Desde o início, o GTEA também se comprometeu a defender a integração da EA nas políticas nacionais, estratégias de doadores e doadoras e respostas programáticas à questão dos alunos e alunas fora da escola, acima da idade de escolarização, em situações de emergência, e contextos de crises prolongadas.

 

Esta coleção foi desenvolvida com o apoio de Martha Hewison, Presidente do ACNUR /GTEA.

Manual/Handbook/Guide

Accelerated Education Definitions

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

With a succinct one-page Accelerated Education Definitions document, the AEWG has clarified the differences between several key terms, including: Accelerated Education, accelerated learning, catch-up programs, remedial programs, and bridging programs.

Arabic
English
French
Spanish
Manual/Handbook/Guide

Accelerated Education 10 Principles for Effective Practice

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

These 10 principles aim to clarify the essential components of effective accelerated education programmes (AEP).

Arabic
English
French
Spanish
Manual/Handbook/Guide

Accelerated Education Decision Tree

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

A one-page diagram/tool for deciding when to use accelerated education programming.

Arabic
English
French
Spanish
Manual/Handbook/Guide

Accelerated Education Programme Checklist

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

Aligning your programme with Principles and Action Points The Accelerated Education Programme (AEP) Checklist was created as a tool for programme designers, implementers, evaluators and agencies to use alongside the AEWG Guide to the Accelerated Education Principles.

Arabic
English
French
Spanish
Manual/Handbook/Guide

Accelerated Education: Guide to the Principles

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)
,
Enabling Education Network (EENET)

The inter-agency Accelerated Education Working Group (AEWG) reviewed and distilled a set of global good practices and guidelines for AEPs. This guide helps establish what is considered good practice, and is intended to evolve into a standard.

Arabic
English
French
Spanish
Concept Note

Accelerated Education Working Group Learning Agenda

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

This Learning Agenda, developed by the Accelerated Education Working Group (AEWG), aims to organize and generate evidence to inform strategic planning, project design, project implementation, monitoring and evaluation and in-service training efforts of Accelerated Education (AE).

Arabic
English
French
Spanish
Advocacy Statement

The Case for Accelerated Education

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

The Education 2030: Framework for Action identifies the need for non-formal and informal education programming which affords flexible and alternative pathways and entry/re-entry points into the formal education system.

Arabic
English
French
Spanish
Video media

Accelerated Education Programs

Publicado por
Inter-agency Network for Education in Emergencies (INEE)

Accelerated Education (AE) is flexible, age-appropriate programming that promotes access to education in an accelerated timeframe for disadvantaged groups. This video is a product of the Accelerated Education Working Group, and developed by Wildeman Media, 2017.

English
Case Study

Accelerated Education Principles Case Studies

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

In 2016, the AEWG developed 10 Principles for Effective Practice for Accelerated Education and an accompanying Guide to Accelerated Education Principles. Field testing of these two tools was conducted between mid-2016 and March 2017.

English
Report

Alternative Education: Filling the Gap in Emergency and Post-conflict Situations

Publicado por
Education Development Trust (formerly CFBT)
UNESCO International Institute for Education Planning (UNESCO-IIEP)

This book reviews some alternative education programmes, including those providing alternative access, such as accelerated learning programmes and home-based or community-based schools. It also examines programmes that are alternative in curriculum provision, offering non-traditional subjects such as HIV and AIDS prevention or landmine awareness, and those that provide an alternative pedagogy, using more learner-centred and participatory techniques.

English
Case Study

Case Studies on Education in Conflict and Transition Contexts

Publicado por
United Nations Children's Fund (UNICEF)

This Field Note outlines UNICEF’s role in providing education in conflict-affected contexts. It presents recent developments in this field and discusses lessons learned and good practice based on our experience through country case studies.

English
Report

Youth and Alternative Education in the Democratic Republic of Congo Plans for a Field Study

Publicado por
Education in Crisis & Conflict Network (ECCN)
US Agency for International Development (USAID)

This discussion paper marks the beginning of a process leading to field research and a published report. The purpose of this process is, first of all, to identify crucial gaps in knowledge that hamper the expansion of equitable access to education in conflict-affected contexts.

English
Video media

Webcast on Accelerated Education: 10 principles and pocket guide for effective practice

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)
Education in Crisis & Conflict Network (ECCN)
US Agency for International Development (USAID)

USAID ECCN, in partnership with the Inter-Agency Accelerated Education Working Group (AEWG), hosted a webcast on June 9 featuring a first preview of the AEWG’s Accelerated Education pocket guide, featuring 10 key principles of Accelerated Education.

English
Presentation

AEWG at CIES 2019: Talking evidence and tools

Publicado por
Accelerated Education Working Group (AEWG)

At the Comparative and International Education Society (CIES) 2019 Annual Conference in San Francisco, representatives of the Accelerated Education Working Group (AEWG) and partners working in Accelerated Education (AE) presented evidence on the impact of Accelerated Education programmes (AEPs) and reflected on the use of the AEWG tools to support policymakers and practitioners globally.

English